Federico Navarrete Linares

Concepções Indígenas da temporalidade e da história na Mesoamérica e também nos Andes

​​​​​​​Federico Navarrete Linares

​​​​​​​Federico Navarrete Linares pesquisa sobre as concepções indígenas da temporalidade e da história na Mesoamérica e também nos Andes. A pesquisa tem uma relação estreita com o feixo 1 das linhas de pesquisa do CEstA. Desenvolve, há muitos anos, o trabalho sobre a relação entre o que nós chamamos história e mito nos relatos ameríndios sobre o passado e a construção das memórias sociais ameríndias. Trabalho visa comparar as diferentes áreas culturais indígenas, inclusive a Amazônia. Atualmente está terminando um livro sobre a história dos mexicas ou aztecas e seus cronotopos. No futuro tem planos para escrever um analise geral da construção da memória social da conquista espanhola na Mesoamerica.

Publicações recentes:

“Entre a cosmopolítica e a cosmohistória: tempos fabricados e deuses xamãs entre os astecas”, en Revista de Antropologia, 59 (2) 2016, pp. 86-108.

“Las historias de América y las historias del mundo: una propuesta de cosmohistoria”, en Nikon Raten Amerika Gakkai (Anales del Instituto Japonés de Estudios Latinoamericanos), 2016, vol. 36, pp. 1-36.

“The Changing Futures of the Maya and their Anthropologists: Negotiating the Present in the Yucatan Peninsula”, en Indiana (Revista del Ibero-Amerikanisches Institut, Berlín), 2015.

 

Email Institucional
fnl@unam.mx